Scania vai lançar caminhão mais potente do mundo na segunda-feira

por Blog do Caminhoneiro

Chega de esperar! A Scania anunciou oficialmente, por meio das redes sociais, que fará o evento de lançamento do caminhão rodoviário mais potente do mundo na segunda-feira, 28 de setembro.

A versão V8 de 16 litros da Scania na Europa passará a contar com a nova versão de 770 cavalos de potência, e torque acima de 3.600 Nm. Essa potência é 40 cavalos maior que o modelo mais potente da Scania atualmente, na versão com 730 cavalos de potência e com torque de 3.500 Nm entre 1.000 e 1.400 RPM.

Hoje, o caminhão rodoviário mais potente do mundo é o Volvo FH16 750, com 750 cavalos de potência e 3.550 Nm de torque. O motor é o D16K Euro6, com seis cilindros em linha e 16 litros de cilindrada.

Novos blocos

Quando a Scania apresentou a nova linha de caminhões, foi apresentada também a nova liga para o bloco do motor, batizada de CGI, que pode receber mais potência e é mais leve que a geração anterior.

Graças a essa nova liga, a Scania desenvolveu para o mercado brasileiro a nova versão de 540 cavalos para o motor de 13 litros e seis cilindros.

Essa nova liga metálica para o bloco já é usada desde 2016 no motor V8, mas agora irá permitir o aumento de potência, sem mudar o peso do conjunto.

Outras novidades apresentadas em 2016 para a nova linha foram o novo sistema de injeção de combustível XPI, de alta pressão e os novos turbos de geometria variável, que permitem aumento de potência e redução de consumo.

Vida longa ao V8

Apesar de algumas montadoras pararem de produzir motores em V, a Scania seguiu no desenvolvimento e aprimoramento da versão V8, mesmo com as rígidas normas Euro6 vigorando na Europa.

O primeiro modelo Scania equipado com um motor V8 foi o LB140, com motor de 14,2 litros e potência de 350 cavalos, em 1969. De lá para cá, o motor aumentou de tamanho, passando para 16 litros, e a potência mais do que dobrou. Atualmente são 730 cavalos.

Brasil

Atualmente, somente a potência de 620 cavalos é oferecida no Brasil, na versão V8. O lançamento da nova potência, de 770 cavalos, também deve ficar na Europa, sem previsão de vir ao nosso país.

Gigantes de estrada

O lançamento de potências mais altas para seus caminhões vai de encontro ao desenvolvimento de novos tipos de implementos, que estão sendo testados na Europa, com até 30 metros e 70 toneladas de PBTC.

Esses rodotrens europeu visam aumentar a eficiência do transporte de cargas no continente e reduzir o consumo de combustível, gerando menos poluição. Com isso, caminhões mais potentes são necessários para realizar o transporte de cargas cada vez mais pesadas

Os modelos V8 da Scania também são consagrados para transporte de cargas superdimensionadas, sendo referência para diversas empresas do segmento na Europa.

Flagra

Antes do lançamento oficial do modelo já se cogitava que a Scania traria uma potência mais alta para o motor V8. Essa especulação ganhou força quando um caminhão azul da marca foi flagrado com a plaqueta de identificação dianteira com a designação 770 S, que estava coberta por um adesivo, em cima de uma carreta prancha. A foto foi feita na Finlândia.

Rafael Brusque – Blog do Caminhoneiro

COMENTAR

QUER ENTRAR EM CONTATO COM O BLOG DO CAMINHONEIRO? ENVIE UMA MENSAGEM CLICANDO NO NÚMERO ABAIXO

042-3532-4235

Artigos relacionados

9 comentários

Edilson Oliveira 28/09/2020 - 09:05

Então aqui no Brasil a Scania vai almentando a potência do caminhão e deixa o cardan de plástico

Reply
Marcos Paulo de almeida 27/09/2020 - 16:20

As grandes empresas compra uma grandes quantidades de caminhãos. Mas não tem motorista no mercado querem paga uma mereca

Reply
Marcio Lima / Taubaté s.p 27/09/2020 - 08:24

Longe, longe ,longe da realidade de um motorista autônomo! Para as empresas tudo,com muita facilidade,um planejamento total de inúmeras facilidades até mesmo sem carência ,ou uma carência bem extensa para pagar as prestações! O que adianta empresas de marcas mundias ,que competem em trazer o melhor produto para as estradas onde não existe segurança, pontos de apoios, que todo motorista precisaria em ter! Você anda com um caminhão de 600.000,00 e salários defasados,uma vergonha nacional. SOU AUTÔNOMO A 15 ANOS MEU SONHO COMO DE TODO MOTORISTA: ANDAR EM UM CAMINHÃO OKM ,MAS TUDO ISSO FOGE DA REALIDADE DE UM MOTORISTA AUTÔNOMO!!!!!! FORA OS FRETES QUE MAL PAGAM OS DESGASTES DE UM CAMINHÃO….

Reply
Renato 27/09/2020 - 15:37

O “autônomo ” no Brasil, tem os dias contados. As políticas atuais favorecem a centralização dos fretes nas grandes empresas, as quais concentram cada vez mais os serviços e ditam os preços dos fretes e salários. E o consumidor à mercê desses cartéis.

Reply
Genivaldo Baldez 26/09/2020 - 19:41

E um sonho de muitos só de vc ter uma Scania já é um sonho pra mim e a melhor marcar e Scania se eu pudesse eu compraria sem medo nenhum.pena que não dou conta.mas fico feliz por saber que a Scania e a melhor marcar.

Reply
Thiene Chagas 26/09/2020 - 19:05

O novo scania ficou feio demais,,,erraram feio no modelo

Reply
Rodolfo v8 27/09/2020 - 19:21

Concordo plenamente com você. Ficou muito feio. Pode ter tecnologia, potência e tudo mais, porém ficou muito estranho. Sou mais os Volvo e Mercedes.

Reply
Marcos Antonio Beneteli 26/09/2020 - 17:31

Por isso sempre gostei de SCANIA…top de mais

Reply
JOSE IVAN LUCIANO 26/09/2020 - 17:20

Tudo isso eh maravilhoso. Mas para nos motoristas frotistas o que muda? Salario de chorar. Benefícios como diarias pernoites de dar medo. Nas maiorias da empresas de transportes o salarios eh fraquicimo. Não temos seguro nem plano de saúde. Mas temos de rodar o brasil. Deixando a família nas mãos do sus. Diárias. Estamos nas maos dos sindicatos que não serve pra nada. As diárias des de 2016 tem o mesmo valor ou oqucimos aumentos. Coisas de 3 ou 4 reais. Sem contar que como uma empresa como stil log que tem só caminhões zerados paga uma diaria corrida de 900 reais por mês. Fala sério. As empresas compram caminhos novos mas tira do salario da cada motorista uma parcela que pra eles dizem ser pouco mas que para nos assalariados eh muito e nos faz falta. Onde já ce viu. Um motorista de rodo trem ter aalario de 2200 reais para ficar 30 dias ou mais trancado na gabine de um caminhão. Longe de sua família sem saber quando volta para a casa. E a merce de bandidos. Sustentando todo tipo de pessoas com 2200 reais. Tem de sustentar a família. Franelhinhas pessoas onde para tem sempre pedindo um trocado. E as empresas comprando caminhões novos. Mas dar boas condições para seus colaboradores ninguem fala nada. A 20 anos quando comecei viajar. O salário de um motorista de carreta era em torno 3 salários mínimos e meio. Hj nao da nem um e meio. Vergonha. Vergonha vergonha.

Reply

Escreva um comentário