Fábrica da Ford na Bahia já tem quatro montadoras chinesas interessadas

por Blog do Caminhoneiro

A Ford anunciou nessa semana o encerramento definitivo da produção de veículos no Brasil, após 102 anos de história. Com o anúncio, três fábricas serão fechadas, entre elas, a de Camaçari, na Bahia. Pouco depois do anúncio da Ford, quatro montadoras chinesas mostraram interesse na unidade.

As marcas Great Wall Motors, Changan Auto, Gelly e GAC podem usar a planta para produção local de veículos. Algumas dessas marcas podem vir ao Brasil pelas mãos do empresário Carlos Alberto de Oliveira Andrade, dono do Grupo Caoa.

A fábrica de Camaçari se destaca entre as outras da Ford por ser mais nova e estar totalmente pronta para a produção de automóveis, diferente da unidade de São Bernardo do Campo, em São Paulo, que produzia caminhões.

Em Camaçari eram montados os veículos EcoSport e KA, modelo mais vendido da Ford no Brasil. De acordo com comunicado de imprensa da Ford, a montadora analisará e irá facilitar todas as alternativas possíveis e razoáveis para partes interessadas adquirirem as instalações produtivas disponíveis.

Caoa

A empresa é conhecida no Brasil por ter trazido, no ano 2000, a Hyundai para o país. A parceria durou até 2018. Atualmente a Caoa é responsável pela operação da Chery, com fábrica em Jacareí-SP.

Rafael Brusque – Blog do Caminhoneiro | Com informações da CNN Brasil

COMENTAR

Artigos relacionados