Scania e Volvo irão trabalhar juntas para reduzir emissões de poluentes na Suécia

por Blog do Caminhoneiro

A Scania e a Volvo, duas grandes montadoras de caminhões, que também são grandes concorrentes no segmento, vão unir forças para reduzir as emissões de poluentes no Porto de Gotemburgo, na Suécia. Além das duas montadoras, a iniciativa contará com a Stena Line, fabricante de balsas, e o próprio Porto de Gotemburgo, o maior da Escandinávia.

De acordo com as empresas, a parceria irá garantir uma redução de 70% nas emissões de CO² na atmosfera até 2030.

“Nenhuma organização ou indivíduo possui a chave para os desafios futuros. A colaboração é crucial e temos o prazer de trazer a bordo dois dos maiores fabricantes de caminhões do mundo e a maior empresa de balsas do mundo. Com nossa experiência coletiva, amplitude e presença de mercado, podemos fazer uma diferença real”, disse Elvir Dzanic, executivo-chefe da Autoridade Portuária de Gotemburgo.

Tranzero

O projeto foi batizado de Iniciativa Transzero. A parceria entre as empresas se concentra no transporte de cargas por rodovias realizado por mais de 1 milhão de caminhões por ano, responsáveis pela emissão de 55 mil toneladas de CO² na atmosfera, em viagens entre as cidades e o Porto de Gotemburgo. O projeto também visa eletrificar o transporte marítimo.

As empresas irão trabalhar juntas para desenvolver e acelerar diversas medidas para retirar o diesel do setor de transporte. O início é uma grande análise e mapeamento completos dos fluxos de cargas.

O porto será responsável por construir toda a infraestrutura necessária para abastecimento de caminhões que não usem diesel, como gás natural, eletricidade, e, futuramente, também hidrogênio.

A Scania e a Volvo irão garantir disponibilidade de veículos para os clientes que atuam no porto, sendo esses veículos livres de combustíveis fósseis.

A Stena Line será responsável pela construção de balsas com motores elétricos, que serão colocadas em serviço até 2030.

Ambição limpa

A ambição da Suécia é se tornar o primeiro país do mundo a deixar de utilizar combustíveis fósseis. A Iniciativa Transzero foi muito bem recebida pelo governo sueco.

“Temos uma longa troca de opiniões e ideias com o governo sobre nossos desafios e nossos objetivos, que são os mesmos. O setor de transporte precisa deixar de depender de combustíveis fósseis e, com a Iniciativa Tranzero, estamos dando um passo monumental”, conclui Dzanic.

Rafael Brusque – Blog do Caminhoneiro

COMENTAR

QUER ENTRAR EM CONTATO COM O BLOG DO CAMINHONEIRO? ENVIE UMA MENSAGEM CLICANDO NO NÚMERO ABAIXO

042-3532-4235

Artigos relacionados

Deixe sua opinião sobre o assunto!