Em 2020, PRF do Piauí retirou mais de 6 mil toneladas de excesso de peso das rodovias do estado

por Blog do Caminhoneiro

Nas rodovias federais do Piauí, a Polícia Rodoviária Federal flagrou 632 caminhões transportando cargas com excesso de peso em 2020. A soma de todo o peso em excesso foi de 5.942,5 toneladas de carga, o que daria para encher 396 caminhões de três eixos. Houve um crescimento de 18.4% nas autuações no ano de excesso de peso.

A PRF realiza fiscalizações regulares para coibir condutas do tipo, além de outros ilícitos, visando melhorar a fluidez do trânsito, a conservação do pavimento asfáltico e segurança dos usuários.

De acordo com a PRF, alguns caminhões chegam a ter as carrocerias modificadas para conseguir transportar mais peso, visando maior lucro por viagem.

Porém, o excesso de peso pode reduzir a vida útil do asfalto em 50%, e também aumentam a emissão de poluentes e o consumo de diesel, além de causar maior desgaste aos componentes dos veículos, como pneus, suspensão, feixes de mola e até no chassi.

O excesso verificado nas fiscalizações gera uma multa referente a infração de trânsito prevista no art. 231, inciso V do Código de Trânsito Brasileiro (CTB). Acima de 1000 kg, a infração será considerada gravíssima e punida com multa de R$ 191,54 aplicada a cada 500 kg ou fração de excesso de peso apurado. As autuações de excesso de peso em 2020, resultaram em mais de R$ 136 Mil em multas.

Como medida administrativa, os veículos de carga ficam retidos até que se providencie a retirada do excesso para outro veículo para que assim possa seguir viagem.

Rafael Brusque – Blog do Caminhoneiro

COMENTAR

Artigos relacionados

Deixe sua opinião sobre o assunto!