Sany inicia produção em massa de caminhões a hidrogênio na China

por Blog do Caminhoneiro

O hidrogênio é uma das maiores promessas para o futuro dos transportes. Caminhões equipados com a tecnologia terão grande autonomia, para rodar distâncias acima dos mil quilômetros com um abastecimento, além do peso ser menor por não precisar do uso de baterias.

E é por isso que a Sany, empresas mundialmente conhecida pelo fornecimento de máquinas e guindastes, deu o pontapé inicial para a produção de um modelo de caminhão pesado de longa distância equipado com a tecnologia.

Liang Linhe, presidente da Sany Heavy Truck , comentou na cerimônia de lançamento que os veículos elétricos irão co-existir com os caminhões tradicionais a diesel, mas o hidrogênio é o combustível do futuro, que deverá redefinir o desenvolvimento dos caminhões.

O caminhão é equipado com dez tanques de hidrogênio, que são instalados em um compartimento atrás da cabine. Por se tratar de hidrogênio comprimido e não liquefeito, a autonomia dessa versão do caminhão é de 500 quilômetros, com consumo médio de 10 kg de hidrogênio a cada 100 quilômetros rodados, sendo um dos modelos mais eficientes atualmente.

Outra marca que a empresa destacou é o peso, de 10,6 toneladas, cerca de 3% mais leve que modelos concorrentes equipados com a mesma tecnologia.

“Está é a primeira unidade que usa hidrogênio como combustível, sendo fabricado seguindo rígidos protocolos de emissão e segurança da China, e é apropriado para o uso em uma série de operações, como de curta ou médias distâncias, entregas de porta-a-porta e muito mais, disse Wang Yi, vice-presidente da Sany Heavy Truck.

“A Sany continuará o desenvolvimento no campo dos veículos equipados com células de combustível de hidrogênio, impulsionando o desenvolvimento dessa tecnologia globalmente”, completou o executivo.

Rafael Brusque – Blog do Caminhoneiro

Deixe um comentário!