Comissão da Câmara dos Deputados aprova doação de 20 caminhões militares ao Exército Paraguaio

A Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania (CCJ) da Câmara dos Deputados analisou e aprovou o Projeto de Lei 9007/17, do Poder Executivo, que prevê a doação de 20 caminhões militares Mercedes-Benz LAK-1418, que foram revitalizados, para o Exército do Paraguai.

Esses caminhões serão doados em cumprimento a acordos bilaterais de cooperação com as Forças Armadas das nações amigas. Os caminhões são modelos mais antigos do Exército Brasileiro, e vão suprir carências apresentadas pelo Paraguai, além de intensificar as ações de cooperação e incentivo à confiança mútua entre as Forças Armadas dos dois países, medidas que contribuem para aumentar a estabilidade e a paz na região.

O Deputado Federal Gilson Marques (Novo-SC) criticou o projeto, em razão de o Brasil enfrentar problemas financeiros.

“Não estamos em momento de dar ativos, dar bens para outros países. Se for para ajudar pessoas, deveríamos ajudar os pobres, doentes e miseráveis do Brasil. Esses bens deveriam ser vendidos e os recursos, utilizados para as pessoas que pagam impostos”, defendeu o parlamentar.

Já o relator do projeto, Deputado Federal Coronel Tadeu (PSL-SP), pediu pela aprovação do projeto. A análise feita pelos deputados ficou restrita aos aspectos constitucionais, jurídicos e de técnica legislativa da matéria.

“Só o chefe do Poder Executivo poderia propor tal projeto – que autoriza este Poder a tomar providência por meio de seus órgãos e autoridades”, observou.

O projeto, que também havia sido aprovado pela Comissão da Representação Brasileira do Parlamento do Mercosul e pela Comissão de Relações Exteriores e Defesa Nacional, seguirá agora para análise no Senado, a menos que haja recurso para que seja votado também pelo Plenário da Câmara.

Rafael Brusque – Blog do Caminhoneiro

Deixe um comentário!

Eficiência dos motores diesel chega a um novo patamar Projeto quer acabar com valores de fretes muito baixos Montagem de caminhões no Brasil segue em alta Uso do celular aumenta entre motoristas Rebite – Um grande vilão nas estradas