Empresa francesa recebe Volvo FH16 750 8×4 único

por Blog do Caminhoneiro

A Transportes Bouvelot recebeu nesta semana três caminhões Volvo FH16, sendo um na versão de 750 cavalos de potência com tração 8×4, o segundo caminhão mais potente do mundo, que serão usados para entregas de equipamentos pesados e transporte excepcional.

Os outros dois caminhões tem potência de 650 cavalos, com configurações de eixos 6×2 e 6×4. O modelo 8×4 é o primeiro da nova geração na França, com capacidade para rebocar até 199 toneladas de carga.

A Volvo precisou de quatro semanas após o caminhão sair da linha de montagem para fazer todas as modificações necessárias, como colocação de carenagens, caixas de ferramentas e tanques de ar extras.

“Essas três aquisições representam um investimento para a empresa a fim de se antecipar às mudanças nos padrões técnicos e regulatórios do Transporte Excepcional e atender à crescente demanda por volume desse tipo de transporte. Nossa frota já inclui uma dúzia de veículos Volvo”, declara o Sr. Bouvelot, proprietário da empresa.

Foto de Luc Alexandre

O 8×4 de 750 cavalos será usado pelo experiente caminhoneiro Joanny, que trabalha na transportadora há dez anos.

“Tenho a sorte de ter sido ouvido nas minhas recomendações sobre a escolha do equipamento. Minha experiência ao volante de produtos pesados ​​da Volvo e sua caixa de câmbio de alto desempenho me convenceu quando fiz a escolha. Sempre ficamos satisfeitos com o seu serviço pós-venda ágil e eficiente. O meu Volvo 8×4 não passará despercebido nas estradas e canteiros de obras dos nossos clientes”, disse o caminhoneiro.

O caminhão é equipado com cabine Globetrotter, tem entre-eixos de 3.950mm, e recebe o motor Volvo Euro 6 de 16 litros, com 750 cavalos de potência e 3.550 Nm de torque, com câmbio I-Shift ATO3512F com marchas super reduzidas e freio retarder de 920kW de potência.

Os eixos traseiros tem redução dupla, com suspensão pneumática e capacidade, por eixo, de 35 toneladas de carga.

O caminhão será usado com um reboque Nooteboom tipo prancha com piso baixo, de cinco eixos, com 100 toneladas de capacidade de carga e diversos pontos para amarração, garantindo o transporte seguro de qualquer tipo de equipamento.

Rafael Brusque – Blog do Caminhoneiro

Deixe um comentário!