Petrobras pode reajustar novamente o valor dos combustíveis nos próximos dias

por Blog do Caminhoneiro

Em visita à cidade italiana de Anguillara Veneta, o Presidente da República, Jair Bolsonaro, disse que a Petrobras vai anunciar um novo reajuste nos valores dos combustíveis nos próximos 20 dias. Para o presidente, isso não pode acontecer.

De acordo com o Presidente, o ideal seria a privatização da estatal, que teve mais um trimestre de alto lucro, e que nesta semana vai ser feito um “jogo pesado” com a empresa, sem detalhar o que será feito.

Na entrevista, ele também disse que os estudos para a privatização e quebra do monopólio da empresa já estão sendo feitos pelo Ministro da Economia, Paulo Guedes, mas que isso não é feito de um dia para o outro. Veja na íntegra no vídeo abaixo.

Preço do diesel foi aumentado em mais 9,15% pela Petrobras no último dia 26/10

A Petrobras anunciou em 26 de outubro mais um aumento significativo para o valor do diesel, de 9,15%. A gasolina também subiu, 7,04%. Os novos valores já estão valendo na venda dos combustíveis das refinarias para as distribuidoras, e o aumento na bomba poderá varia para mais ou menos, de acordo com a estatal.

O preço médio de venda do diesel tipo A da Petrobras para as distribuidoras, passou de R$ 3,06 para R$ 3,34 por litro, refletindo reajuste médio de R$ 0,28 por litro.

Para a gasolina, o valor na venda para as distribuidoras, passou de R$ 2,98 para R$ 3,19 por litro, refletindo reajuste médio de R$ 0,21 por litro.

De acordo com a Petrobras, o aumento é importante para garantir que o mercado siga sendo suprido em bases econômicas e sem riscos de desabastecimento pelos diferentes atores responsáveis pelo atendimento às diversas regiões brasileiras: distribuidores, importadores e outros produtores, além da Petrobras.

A Petrobras também destacou que a atual política de preços se mostra relevante, com o alinhamento de preços com o mercado internacional, especialmente neste momento, em que a demanda pelos combustíveis em novembro disparou.

“Os ajustes refletem também parte da elevação nos patamares internacionais de preços de petróleo, impactados pela oferta limitada frente ao crescimento da demanda mundial, e da taxa de câmbio”, disse a Petrobras, em comunicado.

Com o novo aumento, o valor do diesel já acumula alta de 65,3% nas refinarias neste ano. A Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) publicou levantamento que o valor do diesel está, em média, a R$ 5,04 o litro, com valor máximo de R$ 6,42, em alguns estados.

No mercado internacional, o barril de petróleo tipo Brent, que é a referência internacional, está acima de US$ 85, se aproximando das máximas registradas em 2018. No início de 2021, o valor estava na casa dos US$ 65.

Outro motivo da alta é a forte valorização do Dólar frente ao Real. Nesta semana, a moeda atingiu R$ 5,62, alta de 3% na semana.

“Considerando a mistura obrigatória de 12% de biodiesel e 88% de diesel A para a composição do diesel comercializado nos postos, a parcela da Petrobras no preço do diesel na bomba passará a ser de R$ 2,94 por litro em média. Uma variação de R$ 0,24”, finalizou a Petrobras, na nota enviada à imprensa.

Rafael Brusque – Blog do Caminhoneiro

1 comentário

Vinícius 03/11/2021 - 17:49

Parece que ele quer que o país continue em crise. Dá pra entender o cara?

Reply

Deixe um comentário!