Recorde de salto com caminhão foi estabelecido em 2014 por uma equipe de F1

por Blog do Caminhoneiro

A Lotus competiu na Fórmula 1 por muitos anos, sempre ao lado de grandes empresas parceiras. A última temporada da equipe foi em 2015, com os pilotos Romain Grosjean e Pastor Maldonado, que obtiveram juntos 78 pontos, ficando em 6º lugar no campeonato de construtores da competição.

Mas foi antes da temporada de 2015 que a equipe realizou um feito impressionante, com um caminhão e um carro de Fórmula 1. Pilotado pelo experiente dublê Martin Ivanov, o Lotus F1 Team E22, que competiu na temporada de 2014, passou por baixo de uma carreta, dirigida pelo piloto e dublê Mike Ryan.

A ideia foi da EMC², uma empresa de computação e gerenciamento de dados, que fornecia serviços de telemetria e outros para a Lotus. Para divulgar os serviços da empresa, fazer um caminhão voar por 25 metros pareceu uma boa ideia.

O feito foi realizado em Bentwaters Park, no Reino Unido, em 6 de novembro de 2014. Além da publicidade, feita de verdade, sem uso de computação gráfica, o salto do caminhão ainda estabeleceu o recorde mundial de maior salto em rampa de um caminhão engatado em um semirreboque.

Durante o pulo, o caminhão ficou por 25,48 metros no ar, estabelecendo o recorde, que segue até hoje. O carro da equipe passou por baixo do caminhão saltitante, aumentando a emoção da publicidade.

Para o caminhão, apesar do recorde quebrado, o resultado do salto foi desastroso, com diversas peças quebradas no impacto com o solo.

Rafael Brusque – Blog do Caminhoneiro

Deixe um comentário!