Reino Unido libera uso de caminhões com cabines maiores para conforto e segurança

por Blog do Caminhoneiro

Os motoristas de caminhões pesados do Reino Unido poderão dirigir caminhões com cabines maiores, voltadas ao conforto e segurança. Novas regras para a construção de veículos pesados passaram a valer no último dia 14 de fevereiro. Com isso, os veículos poderão ser alongados.

Além da mudança na dianteira, as carretas poderão receber acessórios aerodinâmicos na traseira (defletores de ar), para reduzir o arrasto e minimizar o consumo de combustível.

Esses defletores de ar traseiros são móveis, sendo acionados pelo motorista quando vai iniciar a viagem, e abertos, junto com as portas dos baús, quando forem ser executadas operações de carga e descarga. Com a nova regulamentação, não haverá perda de espaço para cargas se o acessório for instalado. Uma resolução de 1986 proibia a instalação desses dispositivos.

Com isso, espera-se uma redução entre 7% e 15% no consumo de diesel com os novos caminhões, mas somente uma montadora oferece um modelo com a cabine atendendo a nova regulamentação, que também vale na União Europeia: A DAF, com a nova linha XF, XG e XG+.

O governo britânico diz que a possibilidade de construção de cabines maiores vai oferecer mais segurança, em caso de colisões, e também para pedestres e outros usuários das vias, com a redução dos pontos cegos, além de oferecer a possibilidade das cabines terem mais espaço para o motorista, especialmente nos momentos de descanso.

“Este é outro passo, não apenas em nossos esforços para reduzir as emissões em nossa rede de transporte, mas também para melhorar a segurança em nossas estradas. Espero que os operadores façam uso desses novos regulamentos, introduzindo veículos com esses recursos em suas frotas para reduzir o consumo de combustível e aumentar a segurança, à medida que novos recuperamos do COVID-19”, disse a Ministra das Estradas, Baronesa Vere.

“Permitir o uso de recursos aerodinâmicos e cabines alongadas em caminhões para operações de longas distâncias é uma notícia fantástica para nosso setor de transporte, que busca melhorar a eficiência de combustível e reduzir as emissões”, disse Phil Lloyd, chefe de política de engenharia da Logistics UK.

Somente a DAF

Atualmente, apenas a DAF oferece caminhões que cumprem os novos requisitos para o tamanho das cabines na Europa. Apresentados no ano passado, os novos XF, XG e XG+ oferecem maior espaço interno e uma frente mais bicuda, ampliando o conforto e segurança, e reduzindo significativamente as emissões.

Rafael Brusque – Blog do Caminhoneiro

Deixe um comentário!