Scania 770S ganha versão bicuda na Europa

por Blog do Caminhoneiro

O caminhão mais potente do mundo foi adquirido pela empresa Krommenhoek Machinery B.V., mas levou meses para finalmente ficar pronto para entrega, já que o veículo passou por uma transformação, deixando de ser cara-chata para se tornar um bicudão com muito estilo.

A criação ficou a cargo da empresa Vlastuin Truckopbouw, uma empresa holandesa especializada na modificação de caminhões, que também foi responsável pelo desenvolvimento da versão bicuda da linha Scania NTG, lançada em 2016 na Europa.

Para a conversão, a Vlastuin recebe os caminhões originais, adquiridos com o maior entre-eixos disponível para o modelo. A cabine é reposicionada no chassi, ficando cerca de um metro mais para trás. Para esse serviço, dezenas de componentes do motor, direção e eletrônica precisam ser modificados.

O para-choque dianteiro é mantido no lugar, e o motor recebe a corbertura de um capô especialmente desenvolvido para harmonizar com o design das cabines da linha NTG. A grade dianteira também é a mesma da versão cara-chata.

O trabalho de pintura ficou a cargo da Bedrijfswagen, também holandesa, que deu os toques finais ao acabamento do caminhão.

A Krommenhoek Machinery B.V. é uma empresa de venda e locação de equipamentos, e o novo Scania 770ST, como passa a ser chamado depois de modificado, será usado para o transporte de máquinas de construção por toda a Europa.

 

Rafael Brusque – Blog do Caminhoneiro

Deixe um comentário!