O estranho conceito futurista Atlantis

Publicamos ontem sobre o Gruzovikus, um caminhão futurista, desenvolvido para ser totalmente elétrico e autônomo, dispensando completamente a figura do motorista. Pouco depois, nos enviaram imagens de um conceito ainda mais estranho, o Atlantis.

Gruzovikus – O conceito que mostra como serão os caminhões do futuro

Basicamente, o Atlantis segue o conceito de ser totalmente elétrico e totalmente autônomo, como o Gruzovikus. Esse projeto foi criado em 2020 por Roman Dolzhenko e Dmitry Voronezhtsev, na Rússia, e traz uma concepção muito diferente do caminhão que conhecemos hoje em dia.

O cavalo mecânico, totalmente elétrico, não tem cabine, e tem uma configuração de eixos 6×2/2, com dois eixos dianteiros, direcionais, e apenas um eixo traseiro. A ideia dos designer é ter os motores elétricos, baterias, sensores e tudo o que for necessários ao funcionamento do caminhão instalado dentro do espaço entre os eixos.

O engate do implemento é feito logo acima dos dois eixos dianteiros, com um implemento que chama muito a atenção. Por algum motivo que os criadores não especificaram, a carreta tem duas rodas gigantescas direcionais, ocupando totalmente a lateral traseira do baú.

Com essa posição do engate, o caminhão teria as manobras facilitadas, já que o cavalo mecânico poderia girar em baixo da carreta.

Provavelmente, se saísse do papel, esse tipo de carreta traria sérios desafios para carga e descarga das mercadorias, além de uma considerável redução do espaço para a carga.

Quando esse tipo de conceito começar a sair do papel, o mundo começará a ver veículos com Automação nível 5. Isso quer dizer que o equipamento poderá funcionar completamente sozinho, sem nenhuma intervenção humana. Ou seja, depois de carregado, o caminhão iniciará a viagem, e chegará ao destino, sem monitoramento ou orientação de qualquer pessoal. Bastará ter alguém para receber a carga ao final de cada viagem.

Esses veículos conceituais não vão sair do papel. Eles servem mais para dar ideias e orientar o desenvolvimento de novos veículos, resolvendo, de maneira extravagante e criativa, alguns problemas atuais e alguns que ainda nem são considerados problemas, mas que vão ser.

Deixe um comentário!

O Royal Eagle é um Scania 143 como você nunca viu T112MC – Scania desenvolveu modelo exclusivo para a Nova Zelândia Você lembra do seriado “As Aventuras de BJ” nos anos 1980? Caminhões chineses são equipados com cabine de modelo da década de 1970 Conheça o transporte Piggyback, muito usado nos Estados Unidos