Empresa da Alemanha compra 100 caminhões Nikola Tre a hidrogênio

Mesmo sem estarem prontos para serem vendidos, os caminhões Nikola Tre Fuel Cell chamam a atenção de transportadores do mundo todo. Nessa semana, a Iveco anunciou a venda de 100 unidades do modelo, que utiliza uma célula de combustível que converte hidrogênio em eletricidade, para a empresa GP Joule, de Reussenkoege, Alemanha.

A Nikola utiliza o modelo Iveco S-Way como base para o modelo Tre, com componentes do chassi e cabine inalterados. A produção deve começar nos próximos anos, na fábrica da Iveco em Ulm, na Alemanha.

Do lote de cem unidades, as trinta primeiras serão entregues para a GP Joule em 2024. As setenta unidades restantes vão sendo entregues gradualmente durante 2025. Além dos modelos comprados, a empresa também assinou a intenção de alugar caminhões por meio da GATE – Green & Advanced Transport Ecosystem, um modelo de aluguel de caminhões elétricos com tudo incluído criado pelo Grupo Iveco.

Para aquisição dos caminhões, a GP Joule vai usar um programa do governo alemão para financiar os veículos, chamado de KsNI, que apoia a renovação de frota por modelos não poluentes. Os veículos serão locados para empresas de transporte da Alemanha, inicialmente, e posteriormente vão ganhando a Europa.

“O pedido da GP Joule será um exemplo de como o Nikola Tre FCEV pode apoiar ainda mais os clientes comerciais na Alemanha em sua transição para emissões zero, vários anos à frente de outros fabricantes, que ajuda a atingir o objetivo de descarbonizar o setor de transportes”, disse Michael Lohscheller, presidente e CEO da Nikola Corporation.

“100% de energia renovável para todos, é isso que nos move. Juntamente com a Nikola e a Iveco, oferecemos aos nossos clientes todos os componentes para o transporte pesado com impacto zero no clima de uma única fonte: da produção e compra de hidrogênio verde aos postos de abastecimento de hidrogênio, e agora aos caminhões com célula de combustível e serviços que atendem às suas necessidades. Esta é a entrada fácil no transporte de carga livre de emissões”, destacou Andre Steinau, Diretor Executivo da GP Joule.

“Estamos muito satisfeitos com a escolha do GP Joule e com este acordo, graças ao nosso inovador modelo de aluguel GATE, iremos trazer a mobilidade a hidrogênio para clientes na Alemanha e progredir no descarbonização do transporte rodoviário de cargas. A GATE se dedica a atender às necessidades dos clientes de veículos comerciais elétricos com bateria e célula de combustível de hidrogênio, atendendo inicialmente às marcas Iveco e Nikola. Este acordo é uma chance de começar a oferecer nosso serviço com base em uma fórmula de pagamento por uso que permitirá aos clientes acessar a propulsão do futuro”, finalizou Simone Olivati, Presidente de Serviços Financeiros do Grupo Iveco.

Rafael Brusque - Blog do Caminhoneiro

Nascido e criado na margem de uma importante rodovia paranaense, apaixonado por caminhões e por tudo movido a diesel.

Deixe um comentário!

Conheça o NIKOLA TRE movido a hidrogênio Caminhões comemorativos viram febre entre transportadoras Centenas de vagas de emprego para caminhoneiros Conheça o super caminhão futurista da Peterbilt 300 vagas para caminhoneiros brasileiros em Portugal