Caminhoneiros pedem mais segurança no trecho entre Salgueiro e Lagoa Grande, em Pernambuco

por Blog do Caminhoneiro

Não é de hoje que os caminhoneiros reclamam da falta de segurança nas rodovias BR-428 e BR 116/316, entre as cidades de Lagoa Grande e Salgueiro, no estado de Pernambuco. Caminhoneiros entraram em contato com o Blog do Caminhoneiro para relatar os problemas ocorridos na região.

O trecho em questão é conhecido principalmente pelo Trevão do Ibó, e tem cerca de 200 km de extensão entre as duas cidades. Devido à falta de policiamento, o local é conhecido pela alta taxa de criminalidade.

São desde pequenos delitos, com roubos de pequenas quantias de dinheiro dos motoristas, até crimes mais cruéis, com tiros disparados, e alguns motoristas tendo suas vidas ceifadas na região.

Alguns caminhoneiros que trafegam pela rodovia dizem que a violência contra os caminhoneiros só tem aumentado, e que todos os dias são relatados problemas causados pelos bandidos na região.

“A vagabundagem deita e rola com os profissionais na estrada, e nenhuma providência é tomada”, disse um dos caminhoneiros que rodam pelo trecho, e que entrou em contato com o Blog do Caminhoneiro.

Esse motorista também relata que foi assaltado no posto fiscal da região, há cerca de dois meses, e que recentemente, um caminhoneiro foi morto a facadas no mesmo local. Ele ainda destacou que “se o caminhoneiro não pode parar em um posto fiscal por falta de segurança, vai parar aonde?”

Os caminhoneiros também relatam que no trecho existe um posto da PRF, no centro do Trevão do Ibó, mas que está desativado, com policiais no local apenas eventualmente.

“É uma viagem muito incerta. Que você não sabe se consegue voltar, devido a essa violência desenfreada”, relata o caminhoneiro.

O caminhoneiro também disse que neste ano tem trabalhado na região, mas que no ano que vem não pretende voltar a trabalhar na região, por causa da violência.

Rafael Brusque – Blog do Caminhoneiro

COMENTAR

QUER ENTRAR EM CONTATO COM O BLOG DO CAMINHONEIRO? ENVIE UMA MENSAGEM CLICANDO NO NÚMERO ABAIXO

042-3532-4235

Artigos relacionados

Deixe sua opinião sobre o assunto!