Elon Musk diz que Tesla Semi poderá ter autonomia de 1.000 quilômetros

por Blog do Caminhoneiro

Quando se fala em veículos elétricos à bateria, uma questão importante vem à tona: A autonomia das baterias. Quanto maior e mais pesado o veículo, menos longe ele consegue ir, precisando de mais baterias, que aumentam mais o peso, e comprometem o alcance, gerando um ciclo que aumenta o peso cada vez que se aumenta o número de baterias.

Mas a Tesla parece ter desvendado uma solução para esse mistério. O CEO da empresa, Elon Musk, disse que o caminhão Semi, que ainda está sendo desenvolvido, terá alcance superior às 621 milhas (1.000 km) com apenas uma carga.

O Tesla Semi é um cavalo-mecânico pesado, com capacidade de carga para até 40 toneladas, que foi apresentado em 2017. A empresa anunciou o caminhão com autonomia de 300 ou 500 milhas inicialmente (480 ou 800 quilômetros), com preços variando de US$ 150 mil a US$ 180 mil, valores semelhantes ao de modelos diesel.

Elon Musk disse que, durante os testes, foram encontradas novas oportunidades para aumentar a autonomia do modelo, que deverá ser somente uma tonelada mais pesado que um caminhão diesel semelhante.

Recentemente, ele também anunciou o desenvolvimento de novas baterias, com novo design estrutural, que podem ter uma densidade de energia de 300Wh/kg. Atualmente a maioria das baterias para veículos elétricos tem densidade entre 20 e 30% menores que essas, anunciadas pela Tesla.

O Semi será produzido na Giga Factory da Tesla, em Austin, no Texas. Algumas unidades do caminhão já rodam em testes pelos Estados Unidos, com um modelo rodando no transporte de cargas para a construção da fábrica.

Rafael Brusque – Blog do Caminhoneiro

COMENTAR

Artigos relacionados

1 comentário

Celestino Gonçalves Filho 26/11/2020 - 10:30

A Tesla sempre me impressionou em todos os seus negócios (quando se fala da Tesla, leia-se Elon Musk). Ele leva a sério a produção de veículos elétricos e sua segurança.

Comments are closed.