Montadoras de veículos no Brasil podem parar por falta de componentes

por Blog do Caminhoneiro

Com a recuperação econômica, a venda de veículos novos de todos os segmentos tem crescido em um ritmo animador. Mas esse crescimento acelerado pode acarretar na paralisação das atividades das montadoras por falta de peças para os veículos.

O alerta foi dado pela Anfavea, na segunda-feira, durante coletiva de imprensa que ocorreu de forma virtual. A associação ainda destacou que a paralisação pode ocorrer logo, inclusive nesta semana, o que poderá afetar negativamente o desempenho do setor e atrasar a entrega de veículos.

“A falta de componentes está ficando mais preocupante do que havia sido noticiado nas coletivas anteriores. O risco de paralisação é muito alto agora, para dezembro, inclusive. A falta de insumos acontece por conta de descompasso causado pela pandemia, com a queda abrupta acontecida entre abril e junho, e uma retomada mais forte a partir do terceiro trimestre”, afirmou o presidente da Anfavea, Luiz Carlos Moraes.

Ele complementou dizendo que toda a cadeia de fornecedores de componentes foi impactada por esse descompasso. A Anfavea também ressalta que o problema afeta a produção de itens de aço, borracha, e plásticos, por exemplo.

Luiz Carlos disse que já houveram micro paradas nas fábricas por falta de componentes e também por contaminação de funcionários dos “fornecedores dos fornecedores”, inclusive fora do Brasil, o que acabou acarretando a falta de peças para as montadoras locais.

A Anfavea também ressaltou que as montadoras estão trabalhando junto com as fornecedoras, buscando comprar matérias-primas para evitar a parada na produção dos componentes.

Rafael Brusque – Blog do Caminhoneiro

COMENTAR

QUER ENTRAR EM CONTATO COM O BLOG DO CAMINHONEIRO? ENVIE UMA MENSAGEM CLICANDO NO NÚMERO ABAIXO

042-3532-4235

Artigos relacionados

Deixe sua opinião sobre o assunto!