DNIT restringe tráfego de veículos pesados na BR-319

por Blog do Caminhoneiro

O Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT) publicou nesta terça-feira a Portaria nº 372, que estabelece restrições para caminhões e ônibus na BR-319, entre Porto Velho-RO e Manaus-AM. O DNIT segue trabalhando no trecho para garantir a trafegabilidade.

Entre os meses de junho e novembro, a circulação de veículos de carga e de passageiros com peso acima de 23 toneladas fica proibida. Já entre os meses de dezembro e maio, a restrição é para veículos com capacidade de peso acima de 17 toneladas.

De acordo com o Ministério da Infraestrutura, a medida garante que o transporte de passageiros e de cargas para o atendimento às comunidades situadas às margens da rodovia fica mais seguro, especialmente no trecho entre Careiro da Várzea-AM (Km 13) e o entroncamento com a BR-230, no sentido Humaitá-AM (Km 679).

Pavimentação

O Ministério da Infraestrutura trabalha na elaboração do projeto para pavimentação da extensão da BR-319 ainda não asfaltada. O órgão espera que os serviços comecem ainda neste ano.

Neste mês, o DNIT publicou o edital de licitação visando a contratação de empresa que será responsável pela elaboração do Plano Básico Ambiental (PBA), Inventário Florestal, Projeto Arqueológico, Estudos de Malária, execução de campanhas de fauna e demais obrigações ambientais necessárias à obtenção da Licença de Instalação (LI) e Autorização de Supressão de Vegetação (ASV) para a reconstrução e pavimentação do chamado “Trecho do Meio” da BR-319-AM, localizado entre o Km 250 e o Km 655,7.

O compromisso do Ministério da Infraestrutura, além de garantir o desenvolvimento econômico e social, ao romper o isolamento das comunidades da região, é também assegurar que a BR-319 seja considerada uma obra modelo, no que diz respeito à sustentabilidade ambiental. As obras seguem as orientações dos órgãos ambientais. O projeto de reconstrução da rodovia inclui novos dispositivos de drenagem e recuperação de áreas degradadas. Mais de 100 mil mudas nativas serão plantadas no segmento. Vinte passagens de fauna aéreas e doze subterrâneas serão instaladas para a passagem de animais que cruzam a estrada.

Oxigênio

Durante a missão para transportar 160 mil m³ de oxigênio para Manaus, pela BR-319, o Ministério da Infraestrutura atuou, com apoio da PRF, para garantir trafegabilidade às sete carretas carregadas com o produto. Os comboios percorreram o trajeto de 877 quilômetros, desde Porto Velho, e contaram com o apoio das equipes de manutenção do DNIT para atravessar trechos não pavimentados da BR-319/AM. As empresas responsáveis pelos nove contratos de serviços de manutenção da rodovia amazonense estavam a postos, para fazer a correção de pontos críticos que poderiam surgir em decorrência das chuvas e permitir a passagem das carretas.

Rafael Brusque – Blog do Caminhoneiro

COMENTAR

QUER ENTRAR EM CONTATO COM O BLOG DO CAMINHONEIRO? ENVIE UMA MENSAGEM CLICANDO NO NÚMERO ABAIXO

042-3532-4235

Artigos relacionados

Deixe sua opinião sobre o assunto!