Iveco foi a montadora de caminhões que mais cresceu em 2020

por Blog do Caminhoneiro

De acordo com dados disponibilizados na semana passada pela Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores, a Anfavea, a Iveco foi a montadora que mais cresceu em vendas em 2020. Apesar da queda de 11% nas vendas totais, a Iveco cresceu 30% em relação a 2019.

“Esses são os primeiros resultados do novo momento que a marca atravessa no País. É a consolidação de todo um trabalho estratégico que inclui fortes investimentos, melhorias de qualidade técnica e ampliação e renovação do line-up nos últimos anos”, afirma Márcio Querichelli, líder da Iveco para a América do Sul.

No ano passado, chegou ao mercado a nova linha Iveco Daily. Oferecendo ainda mais robustez, conforto e versatilidade, as novas Iveco Daily também trazem o melhor custo operacional para os clientes. A Iveco cresceu, neste segmento, 29%, atingindo market share de 37,5%.

Em 2019 foram apresentados também os modelos Tector de 9 e 11 toneladas, que se destacam pelo nível elevado de conforto com grande versatilidade de cabines (curta, leito, teto alto e baixo), diversas opções de motorização e entre-eixos, e já alcançaram 7% em participação da Iveco nos segmentos de 9 e 11 toneladas.

“Esses lançamentos nos tornaram mais competitivos nos segmentos de leves e médios e completaram o nosso portfólio de produtos. Nos tornamos ainda mais fortes, dos leves aos pesados”, afirma Ricardo Barion, diretor comercial da Iveco.

No segmento de semipesados, acima de 17t, a marca cresceu 46% no último ano. Com a chegada dos novos Tectors, a Iveco voltou a ser uma empresa Full Liner, com amplo portfólio de caminhões que vai das 3,5t até os extrapesados (acima de 45t). A linha Tector é a linha mais completa do mercado, com caminhões que vão de 9t até 30t (versão 8×2).

A linha 2021 de pesados da marca (Hi-Road e Hi-Way) ganhou um novo serviço de conectividade: o Iveco Connect. O sistema de telemetria e conectividade ‘Iveco Connect’ monitora, constantemente, o desempenho do motorista e as funções do veículo. A sala de controle, que está localizada no complexo industrial da Iveco em Sete Lagoas (MG), monitora 24 horas por dia, sete dias por semana, as informações recebidas pelos dispositivos, sendo responsável por antecipar demandas dos clientes em um eventual problema com o produto, contatando o motorista e sugerindo soluções. Essa previsibilidade é mais uma forma de apoiar o motorista em todos os rincões do Brasil, especialmente nestes tempos incertos.

Muito além de produto

Com planejamento voltado para o cliente, a Iveco também investiu na ampliação de sua rede de atendimento e encerrou 2020 com 77 pontos no País, entre concessionárias e pontos assistenciais. Apenas durante o ano passado foram inauguradas 12 unidades em território brasileiro.

Também para manter o atendimento a caminhoneiros autônomos e transportadores que continuaram movimentando cargas pelas estradas brasileiras em 2020, a Iveco reforçou a Central de Atenção ao Cliente com o lançamento de um canal via WhatsApp (31-21072355) para mais rapidez e agilidade no contato com a marca.

“Durante a pandemia, nos mantivemos próximos dos clientes, renovando compromissos. Também buscamos e conquistamos novos clientes. Nosso time está pronto para manter a Iveco em alta. Em 2020, ampliamos nosso portfólio de produtos, serviços e canais de contato com a marca. Manteremos nosso foco no cliente para crescer ainda mais”, afirma Barion.

A estratégia da marca, que tem um portfólio completo e uma ampla gama de ações no pós-venda, obteve o resultado esperado: aumentar a participação de mercado de forma ‘equilibrada’, com o objetivo de proporcionar ao cliente excelência em produtos e serviços.

“E, em 2021, mais novidades estão por vir. A Iveco continuará inovando em termos de novas tecnologias, serviços e muito mais”, finaliza Querichelli.

Rafael Brusque – Blog do Caminhoneiro

COMENTAR

Artigos relacionados