DAF CF recebe versão fora de estrada com motor de 480 cavalos de potência

por Blog do Caminhoneiro

A DAF apresentou na última semana, os novos caminhões CF. Uma das grandes novidades da nova linha é o modelo CF 6×4 fora de estrada, com redução nos cubos dos eixos traseiros, com relação 5,41:1 ou 4,55:1. Essa versão conta com o motor PACCAR MX13, o mesmo do XF, com potência de 480 cv, com torque de 2.350 Nm, e 2.500 Nm no multitorque, sempre a partir de 900 rpm. A transmissão também é a XF TraXon de 12 velocidades automatizada.

O modelo é quase totalmente novo, herdando da versão anterior apenas a suspensão traseira, que tem capacidade para 26 toneladas. O modelo também conta com quinta-roda reforçada, projetada para engate em pino-rei de 3,5 polegadas.

“O Novo CF Off Road traz muitas melhorias com relação à versão anterior, como o novo trem de força e chassi. Além disso, temos tecnologias que facilitam a condução e proporcionam economia de combustível. A robustez continua sendo um dos seus pontos de destaque, se tornando um veículo ideal para operações severas”, acrescenta Jarno Broeze.

O modelo também pode ser equipado com escapamento vertical, para evitar contaminação do solo.

Visando aumentar a robustez e facilitar as manutenção, a DAF concebeu o novo CF com parachoque tripartido em aço galvanizado, que também destaca a vocação fora de estrada do modelo, se diferenciando do restante da linha CF rodoviária.

O novo CF 6×4 também conta com proteção do cárter, que se estende desde a frente até o final do cárter, e tem ângulo de ataque maior, de 23 graus, garantindo ainda mais proteção na condução do caminhão.

Apesar de ser voltado para operações mais exigentes, o novo CF 6×4 fora de estrada pode ser equipado com três versões de cabine, a Day, sem cama e teto baixo; a Sleeper, com cama; e a Space, a maior do segmento, com 2,23 m de altura interna. A opção mais espaçosa possui ainda os faróis Skylight, para melhor visibilidade em operações noturnas.

Por dentro da cabine, o motorista conta com o mesmo conforto e tecnologia da versão rodoviária do modelo, mas com acabamento e proteção para facilitar a limpeza, como bancos com capas de vinil.

Rafael Brusque – Blog do Caminhoneiro

COMENTAR

Artigos relacionados

Deixe sua opinião sobre o assunto!