Área de escape da BR-376 completa dez anos com registro de mais uma entrada

por Blog do Caminhoneiro

Neste mês de agosto, a Área de Escape do KM 671,7 da BR-376, em Guaratuba, no Paraná, completou dez anos de operação. A estrutura foi inaugurada pela Arteris Litoral Sul no dia 13 de agosto de 2011, e já registrou a entrada de 275 veículos sem freios.

Durante todos esses anos, pelo menos 398 vidas foram salvas pelo dispositivo. Na manhã de ontem, mais um caminhão, carregado com 20 toneladas de cimento, fez uso da área de escape por estar sem freios devido ao longo declive da Serra do Mar. O caminhão avançou 36 metros na caixa de cinesita até parar, e o motorista, de 30 anos, não se feriu.

Com 240 metros de extensão e 8,5 metros de largura, o dispositivo se mostrou eficiente logo no primeiro mês de operação – quando registrou três entradas de veículos pesados. Dali em diante, foram diversas utilizações que reforçaram a importância dessa estrutura. Entre elas, uma das mais marcantes ocorreu no início deste ano – quando um ônibus com 37 ocupantes fez uso da área a 118 km/h. O veículo percorreu 115 metros até a parada total – com todas as pessoas ilesas.

“Essa foi uma solução adotada como inovação para reforço da segurança na BR-376/PR, e os números demonstraram a importância do dispositivo – a ponto de construirmos uma segunda área. O destaque em todos esses anos de operação é certamente a quantidade de vidas salvas”, avalia José Júnior, gerente de operações.

Nova área de escape

Com o grande sucesso em salvar vidas da primeira área de escape, a Arteris Litoral Sul construiu mais uma estrutura do tipo, no KM 667,3 da rodovia, que foi inaugurada em novembro de 2019.

Essa estrutura é uma das mais modernas do mundo – e conta com um pórtico rolante automatizado, para facilitar a remoção dos veículos. Desde sua inauguração, ela já foi utilizada 77 vezes com 149 vidas salvas – a mais recente na manhã de ontem, por um caminhoneiro de 44 anos.

O condutor percebeu problemas nos freios da carreta e, como já conhecia a rodovia, conduziu o veículo para entrada na área. A carreta com 32 toneladas de vergalhões de ferro percorreu 55 metros até parar em segurança.

Rafael Brusque – Blog do Caminhoneiro

Deixe um comentário!