Montadoras encerraram pedidos de caminhões para 2022 na Europa

As montadoras de caminhões da Europa já fecharam os cadernos de pedidos para 2022. De acordo com a imprensa europeia, os prazos exatos para entrega dependem muito do modelo e configuração dos modelos, mas todas as montadoras já programam as entregas dos novos pedidos para o início de 2023, sendo que alguns pedidos podem ser entregues apenas em 2024.

O aumento do número de fretes após a pandemia do Coronavírus, aliado a faltas de componentes, como microchips, fizeram com que a fila de pedidos de caminhões novos crescesse muito.

Apesar de alguma definição quanto às entregas, possíveis paradas não programadas na produção, causadas por motivos externos, como a Guerra na Ucrânia, que tem impactado muito as montadoras de caminhões, podem causar atrasos ainda maiores.

Entregas mais rápidas só são realizadas para modelos elétricos e híbridos, que ainda tem uma demanda mais baixa, e geralmente conseguem ser fabricados em apenas alguns poucos meses. O problema maior é para caminhões pesados a diesel, especialmente cavalos-mecânicos.

Devido a esse problema, marcas de fora da Europa estão ganhando espaço, é o caso da Ford Otosan e da BMC, produzidos na Turquia. A Ford oferece o modelo F-Max, desenvolvido com foco no mercado europeu, e a BMC oferece o modelo Tugra, com um design bastante diferenciado. Recentemente a BMC realizou uma venda de 10 unidades para a Transportes Transvero, uma empresa da Espanha, sendo a primeira negociação em solo da União Europeia.

O problema da falta de caminhões novos não é exclusividade da Europa. Diversos outros países também enfrentam a falta dos modelos, como os Estados Unidos e até mesmo o Brasil. Em muitos desses locais, as entregas só são realizadas após vários meses, e, quase sempre, o valor do veículo é reajustado na entrega em relação ao momento da venda meses antes, devido à inflação.

Rafael Brusque – Blog do Caminhoneiro

Deixe um comentário!

Auxílio de R$ 1.000 para caminhoneiros é aprovado Conheça os detalhes do projeto Roda Bem Caminhoneiro Scania já teve 13 séries especiais no Brasil Conheça a nova série especial da Scania O Royal Eagle é um Scania 143 como você nunca viu