Raro caminhão suíço pode estar escondido pelo Brasil

Em mais de 100 anos de história dos caminhões, o Brasil foi o local escolhido por dezenas de marcas para produção local ou para importação de veículos, novos e usados. Por isso, vez ou outra, um registro de algum veículo muito raro acaba aparecendo, chamando a atenção de colecionadores e admiradores da história automotiva nacional.

Entre os achados recentes, está um anúncio de um caminhão militar suíço, publicado na revista Motor 3, em novembro de 1986. O anúncio publicado na época dizia que o caminhão era totalmente original, contando com motor diesel CT1D e tração 8×8, com capacidade de carga de 3.500 kg. O caminhão também estava com todos os documentos em dia, e foi anunciado em Boa Vista, no estado de Roraima.

O caminhão em questão, anunciado sem muitos detalhes, é um dos 79 Saurer M8 Octopus 8×8, veículo militar produzido a partir de 1942, até o ano de 1945. Baseado no conhecimento da empresa em modelo de eixos oscilantes, o 8M foi o caminhão de mais destaque da Saurer naquela época, equipado com um subchassi tubular e eixos oscilantes, com tração integral.

O motor, CT1D, tinha potência de 105 cavalos, um dos mais potentes da época, com cárter seco, podendo ser instalado em qualquer posição. Por isso, no Saurer M8 ele ficava em um ângulo de 65 graus em relação ao chassi. Isso era especialmente útil em caso de tombamento, já que o motor podia ser mantido ligado, para uso do guindaste auxiliar, até que o caminhão fosse desvirado por meios próprios.

No Exército da Suíça, esses caminhões foram usados especialmente para o reboque de itens de artilharia e transporte de tropas. Usados até os anos de 1970, foram vendidos a particulares. O envio ao Brasil pode ter acontecido em março de 1979, quando muitos veículos daquele país foram enviados para cá.

Geralmente eram usados como meio de transporte na fronteira com a Venezuela e Guiana, por causa de suas capacidades off-road. Além do Brasil, seguiram também para zonas da África e do Oriente Médio.

Esse Saurer M8 pode estar ainda em algum lugar do Brasil, escondido ou mesmo em alguma coleção. Quem sabe?

Esperando o embarque para exportação

Rafael Brusque – Blog do Caminhoneiro | Fotos publicadas por Arnaldo Tambelini no Facebook

4 comentários

Márcio Moraes 14/11/2022 - 21:02

Esse caminhão pertenceu a diocese de Roraima esse caminhão ficou muito tempo na missão surumu no internato dos padres,eu pai era quem dirigia esse caminhão até a data em que os padre venderam eles pro senhor mineiro piloto na época aqui em Roraima, hoje esse caminhão está na região de Presidente figueiredo no estado do Amazonas abandonado.

Reply
Pedro Paulo 21/06/2022 - 23:33

Para época era um senhor caminho!

Reply
Márcio Moraes 14/11/2022 - 21:03

Era esse mesmo modelo na cor laranja 8×8, inclusive os padres aqui tinham vários modelos e bernas

Reply
Celso Ribeiro 05/06/2022 - 15:52

Acredito que nao seja este modelo acima, mas um modelo de menor porte que veio doado para as dioceses de parte do norte e nordeste do Brasil.

Reply

Deixe um comentário!

Na década de 1980, caminhão elétrico já era realidade no Brasil Conheça os caminhões mais vendidos do Brasil em novembro Caterpillar apresenta caminhão gigante totalmente elétrico Caminhoneiros estão cada vez mais procurados pelas transportadoras Caminhoneiro recém contratado depena caminhão nos EUA