Colonia Schnibbelmobil foi um caminhão único para o transporte de cargas longas

O transporte de cargas não é uma ciência exata. São milhares de tipos diferentes de cargas, com os mais variados volumes e pesos. Essas cargas precisam ser acondicionadas de forma a chegarem aos clientes em perfeito estado, e isso nem sempre é fácil.

Por isso, nesse universo, centenas de criações diferentes surgiram ao longo dos anos, resolvendo uma série de problemas que pareciam sem solução do ponto de vista tradicional.

Uma dessas soluções curiosas foi o Schnibbelmobil, um caminhão especial construído pela empresa Colonia, para o transporte de longas vigas de alumínio produzidas pela VAW Aluminium, na Alemanha.

Esse caminhão oficialmente era chamado de Colonia Crocodile, e foi feito com base em um caminhão MAN F8 22.320 UNL, que tinha uma cabine tradicional posicionada sobre o eixo dianteiro.

Essa cabine foi removida, e o motor, de 410 cavalos de potência foi reposicionado no chassi. No lugar da cabine MAN, foi instalada a carroceria de uma perua Ford Granada Turnier, que reduziu significativamente a altura total do conjunto.

A dianteira da Ford Granada era bastante longa, e foi substituída pela frente de uma van Mercedes-Benz 207D, criando um visual ainda mais diferenciado.

Pode-se dizer que as proporções desse caminhão ficaram muito estranhas, mas serviam bem ao propósito a que foram criadas.

Para poder transportar as longas cargas, uma carreta mais alta foi utilizada, e quando o caminhão recebia as vigas de alumínio sobre a carroceria, elas avançavam bastante sobre a cabine.

O interior da cabine foi mantido quase 100% original, mas os bancos traseiros foram removidos, dando lugar a uma cama razoavelmente grande. Porém, a ergonomia dentro da cabine era bastante ruim.

Além disso, em longas viagens, o motorista sentia bastante enjoo. Isso porque a carga produzia muito movimento vertical na cabine, que ficava balançando para cima e para baixo praticamente sem parar. Era quase como estar em um barco.

Apesar de ser um veículo muito peculiar, o Schnibbelmobil podia rodar em qualquer via da Alemanha, e fazia viagens regulares pelas Autobahns.

Entre 1980, quando foi fabricado, até a década de 1990, quando foi aposentado, o caminhão rodou mais de 800 mil quilômetros pelas estradas alemãs.

Depois que parou de ser usado, o caminhão sumiu, e achava-se que tinha sido destruído ou vendido para algum colecionar.

Mas em 2019, em um fórum de transportes, um usuário postou uma foto de uma garagem da empresa Colonia, que mostra o caminhão estacionado no local, coberto de pó, mas mantendo a grande maioria das características originais intactas.

Uma curiosidade é que o novo do caminhão, Schnibbelmobil, fazia referência ao motorista que trabalhava com ele, conhecido como Schnibbel. O nome oficial era mesmo Crocodile.

4 comentários

Wilson 09/10/2022 - 17:31

Curiosidades pelo mundo, a Terex ainda existe?

Reply
Rafael Brusque - Blog do Caminhoneiro 10/10/2022 - 08:31

Foi vendida para o Grupo Volvo CE

Reply
Enio Truyts 06/10/2022 - 07:02

Que o blog nos tragam mais matérias iguais a essa . Parabéns pela reportagem e pelas fotos !!

Reply
Anderson 03/10/2022 - 18:21

Muito interessante, obrigado pela matéria!
Inclusive hoje há desenhos de modelos similares, mais modernos e até elétricos!

Reply

Deixe um comentário!

Na década de 1980, caminhão elétrico já era realidade no Brasil Conheça os caminhões mais vendidos do Brasil em novembro Caterpillar apresenta caminhão gigante totalmente elétrico Caminhoneiros estão cada vez mais procurados pelas transportadoras Caminhoneiro recém contratado depena caminhão nos EUA