Governo decide reduzir mistura de biodiesel no diesel para reduzir preços

por Blog do Caminhoneiro

O governo Federal irá mudar o percentual da mistura de biodiesel no diesel, que vai baixar dos atuais 13% para 10% a partir de maio. A medida é uma das formas do governo tentar segurar o valor do diesel na bomba, após o fim da isenção de PIS/COFINS, que vai terminar no final de abril e pode fazer o preço do diesel subir mais de R$ 0,30 por litro.

De acordo com a publicação de uma nota conjunta entre os Ministérios de Minas e Energia e da Agricultura e Pecuária, “fez-se necessário uma correção de rumo momentânea com relação ao percentual de mistura do biodiesel ao diesel comercializado no País, dos atuais 13% para 10%, no 79º leilão de biodiesel (L-79)”.

Neste ano, o valor do diesel já acumula alta superior a 36% nas refinarias, pressionado pelas seguidas altas do dólar e do barril do petróleo, além da alta no valor da soja, que aumentou consideravelmente o valor do biodiesel. Mais de 70% do biodiesel brasileiro é fabricado a partir da soja.

Além de prejudicar o setor de transportes, a alta do diesel é um dos fatores que pode elevar a inflação.

Com a redução no percentual da mistura, os produtores de biodiesel devem deixar de vender cerca de 300 mil de metros cúbicos de biodiesel, com prejuízo superior a R$ 17 bilhões, podendo ocasionar demissões em massa no setor produtor.

A nota dos ministérios afirma que a medida é temporária, e que se espera, o quanto antes, a retomada da utilização do biodiesel nos teores estabelecidos pelo Conselho Nacional de Política Energética (CNPE), com o aumento da produção e uso dos biocombustíveis no Brasil.

Rafael Brusque – Blog do Caminhoneiro

Deixe um comentário!